Schornstein lança IPA versão com tangerina

264

Novo rótulo traz, além da fruta, dry hop de amarilo e citra. A bebida tem 6% de graduação alcoólica, 50 de IBU e está à venda em lata de 473 ml

Quando pouco se ouvia falar de cerveja artesanal no Brasil, uma marca de Pomerode (SC) já conquistava o público com a sua IPA. Agora, o rótulo da Schornstein, um dos mais conhecidos no país, ganhou uma nova versão: com adição de tangerina. O lançamento faz parte da sexta rodada da Usina Schornstein, projeto parceiro entre a cervejaria e a Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM). A bebida já está disponível em lata de 473 ml.

A receita, elaborada pelos alunos da instituição, leva polpa da fruta e um dry hop de amarilo e citra. Tem corpo médio, com uma espuma duradoura. A tangerina aparece de forma sutil no aroma e mais intensamente no paladar. “A ideia foi trazer um pouco de frescor para a cerveja, aumentando seu drinkability. Ficamos bem satisfeitos com o resultado”, afirma Rodrigo Becker Rosa, cervejeiro da Schornstein. A IPA Tangerina tem 6% de graduação alcoólica e 50 de IBU.

Usina Schornstein
Criado em 2018 através da parceria da cervejaria de Pomerode (SC) e a ESCM, o intuito do projeto é oportunizar mais experiência para os estudantes do curso de Mestre Cervejeiro da instituição, que é a única de ensino superior da América Latina voltada exclusivamente para bebidas. A partir de um estilo pré-determinado, os alunos formam equipes e criam as receitas. A avaliação das amostras fica por conta dos profissionais da Schornstein, que produz os rótulos.

Como uma forma de incentivar a profissionalização do mercado, uma parte do valor arrecadado com a venda das bebidas é repassado para a ESCM e revertido em bolsas de estudos.

Além da IPA Tangerina, o Usina Schornstein já lançou: Session IPA, Munich Dunkel, Belgian Blond Ale, Catharina Sour Cupuaçu e Black IPA.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here