Cervejaria Walfänger tem rótulos premiados no World Beer Awards

333
Um dos mais importantes do mundo, concurso é considerado o Oscar da cerveja artesanal

 

Seis rótulos da Cervejaria Walfänger foram premiados nesta quarta-feira (dia 7), no World Beer Awards, uma das competições cervejeiras mais importantes do mundo, com sede na Inglaterra. Além das melhores do mundo, o concurso classifica as melhores cervejas por país, segundo cada estilo.

Três cervejas ganharam como Country Winner Brazil, premiação acima da Medalha de Ouro e representarão o Brasil como as melhores cervejas de seus estilos, na etapa mundial, em Londres. Os rótulos premiados são Walfänger W Pilsner, na categoria Lager Classic Pilsener, Walfänger Helles, na categoria Helles/Münchner e Sebastian, estilo Düsseldorf Altbier, na categoria Altbier.

A cerveja sazonal de guarda Vennbahn, estilo Doppelsticke, ganhou a Medalha de Prata na categoria Dark Beer Strong e a Walfänger Doppelbock e Sigmund, estilo Vienna Lager, ganharam a Medalha de Bronze, nas categorias Strong Lager e Vienna Lager. respectivamente.

Considerado o Oscar da cerveja artesanal mundial, o concurso é realizado por etapas. Primeiro as cervejas são avaliadas em uma etapa regional, em que se elege a melhor do país em cada categoria, assim como as Medalhas de Ouro, Prata e Bronze. Depois, as melhores cervejas de cada país competem entre si para que sejam determinadas as melhores do mundo em cada estilo. Esta última etapa aconteceu nesta quarta-feira (dia 7), em Londres, no Reino Unido.

“Estamos muito felizes porque o mercado de cervejas no Brasil é excelente e se qualifica cada vez mais, por isso, ser novamente premiado nesse concurso, que é um dos mais respeitados do mundo, com três rótulos sendo considerados os melhores do país dentro de seus estilos, além das Medalhas de Prata e Bronze é extremamente importante para nós, que buscamos produzir cervejas com excelência”, afirma Caio Balieiro, sócio-diretor da Cervejaria Walfänger, de Bonfim Paulista, distrito de Ribeirão Preto (SP). Para ele, “esse é o resultado de um esforço conjunto para fabricarmos cervejas de qualidade e dentro do padrão dos estilos que produzimos”.

Conheça as cervejas premiadas

German Pilsner
Essa cerveja possui sabor levemente maltado, com aroma lupulado floral elegante originário de lúpulos alemães. Seu amargor é agradável, tornando a bebida refrescante. De corpo leve, cor dourada e espuma branca persistente, é fácil de beber. Tem graduação alcoólica de 4,8% e 19 IBU.

Sebastian
Rótulo que compõe a linha Trigênios, é uma cerveja estilo Düsseldorf Altbier, amarga e equilibrada por uma pronunciada riqueza de malte. Tem aroma limpo, mas também robusto e complexo, resultado da combinação do malte, lúpulos nobres e ésteres frutados. Sua cor vai de âmbar claro até o bronze profundo, com limpidez brilhante e colarinho quase branco, espesso, cremoso e de longa duração. Com 33 IBU, tem graduação alcoólica de 5,2%.

Munich Helles
Rótulo que faz parte da linha Clássica, é uma cerveja dourada e brilhante, de baixa fermentação. Sua grande característica é o equilíbrio entre o leve dulçor do malte e o amargor do lúpulo, o que a torna refrescante e com boa drinkability. Com IBU de 18, tem teor alcoólico de 4,9%

Sigmund
Cerveja estilo Vienna Lager, que integra a linha Trigênios, é caracterizada pela fermentação neutra e pelos aromas levemente maltados que lembram pão tostado e biscoito. O amargor é médio/baixo, de coloração acobreada e aspecto brilhante, com carbonatação moderada e espuma persistente. Apresenta IBU 23 e 5,2% de teor alcoólico.

Vennbahn
Primeira cerveja de guarda da Walfänger, é uma Doppelsticke envelhecida em barris de carvalho por 18 meses. De estilo considerado raro, com 10,5% de álcool e coloração vermelho escuro, é uma Altbier mais maltada, com amargor equilibrado e um leve frutado proveniente da fermentação. Por ser maturada, tem aromas típicos dessa guarda em madeira.

Doppelbock
Cerveja premiada com a Medalha de Ouro no estilo Lager Styles – German Style Doppelbock, promovido pelo Concurso Brasileiro de Cervejas, em Blumenau (SC), em 2017, trata-se de uma cerveja forte e escura, que faz parte da linha clássica da Walfänger. Criado por monges, em Munique, esse estilo possui forte gosto de malte, doçura leve e sabores mais tostados e frescos. Da família Lager e de coloração âmbar profundo, é uma cerveja encorpada com 7,9% de teor alcóolico.

 

German Pilsner é lançada em versão long neck

A Cervejaria Walfänger lança sua primeira cerveja em versão long neck. Trata-se da Walfänger W Pilsner, estilo até então comercializado pela marca apenas como chope e que acabou de ser eleita a melhor cerveja Pilsner do Brasil, no concurso World Beer Awards.

A novidade chega para agradar os apreciadores de cervejas leves e refrescantes e poderá ser encontrada, inicialmente, na Walfänger em Bonfim Paulista, no quiosque do RibeirãoShopping e no pub de Franca, além do e-commerce www.walfanger.com.br.

Um dos mais tradicionais estilos de cerveja da Alemanha e um dos mais consumidos no mundo, a German Pilsner é uma bebida de corpo leve que agrada a todos os consumidores de cerveja. A garrafa de 355 ml custará R$ 7,90.

Para Caio Balieiro, sócio-diretor da cervejaria, o novo formato amplia as possibilidades de consumo e é uma porta de entrada para que mais pessoas tenham acesso à cerveja artesanal, que chegará ao mercado a um custo acessível.

“A Pilsner é uma cerveja gostosa, fácil de tomar e a long neck é uma embalagem que traz um custo-benefício muito bom, com um público específico que gosta desse formato, muito presente em festas, churrascos e ocasiões mais informais. A long neck é prática para transportar e para consumir. Estamos ampliando nossa participação no mercado cervejeiro atingindo diferentes tipos de consumidores”, afirma o empresário.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here