A indústria pornográfica é tema de duas séries originais da HBO

As décadas de 70 e 80 foram essenciais para a revolução cultural que trouxe holofotes e espaço para indústria pornográfica, tanto no Brasil como nos Estados Unidos. Foi nesse período que o sexo se tornou um produto e, além de movimentar muito dinheiro, quebrou barreiras sociais e proporcionou mais liberdade sexual, levando a novas definições legais para o que era obsceno. Esse universo, tão denso e ao mesmo tempo quase desconhecido, é pano de fundo de duas séries originais da HBO, The Deuce e Magnífica 70.

  • The Deuce aborda o momento em que o sexo começou a movimentar bilhões de dólares nos Estados Unidos, a partir do coração de Nova York – o centro do comércio do corpo. A série mostra donos de bar, garçons, prostitutas, cafetões, policiais e outros personagens da vida noturna em um universo de sexo, crimes e violência, quando o negócio da pornografia começa a ascender das casas de massagem e das produtoras de filmes apoiadas pela máfia até ocupar um espaço de legitimidade e importância cultural.

Embora The Deuce tenha sido criada como uma série de ficção, ela é fruto de muita pesquisa do produtor Marc Henry Johnson, que conta a ascensão e a queda da indústria do sexo e o funcionamento desse submundo por meio das histórias reais das vidas de dois irmãos gêmeos. Eles acabam trabalhando para a família de mafiosos Gambino, no centro de Nova York, e alcançam alguma projeção por conta própria. Essas histórias – reveladas por um dos irmãos, que faleceu poucos meses antes do início da filmagem do episódio piloto – são um eixo fundamental da narrativa, ampliada com pesquisas adicionais e entrevistas com outras pessoas que participaram desse universo.

  • Em Magnífica 70, a primeira temporada acompanha a história de Vicente (Marcos Winter), um funcionário do Departamento de Censura Brasileira que, ao se apaixonar pela atriz Dora Dumar (Simone Spoladore), tem sua vida transformada. Ele se alia à produtora Magnífica e entra para o mundo da produção de cinema, em especial as pornochanchadas, na Boca do Lixo, localizada no mítico bairro da Luz, em São Paulo.

Na segunda temporada, a produtora passa por um momento conturbado ao ser chantageada para participar de um esquema de corrupção junto à Embrafilme. Já a terceira temporada, que será lançada em 2018, tentará reconduzir os personagens ao triunfo, às origens do que os fez chegar até aqui: a paixão pelo cinema.

Carregar mais Cinema

Deixe uma resposta

Veja também

5 opções de pratos especiais para o dia da semana em São Paulo

MiCi Restaurante Moqueca de Pirarucu  (R$98), servida exclusivamente aos sábados. Acompanh…