Festa de São João: tradição, história e destinos

Confira a história da famosa data em diversas regiões

Há quem pense que uma das festas brasileiras mais tradicionais teve origem em solo nacional, mas na verdade, ela foi trazida pela Corte Portuguesa ainda no período colonial. Naquela época os elementos simbólicos traziam uma mistura de várias culturas, com influência dos portugueses, chineses, espanhóis e franceses.
A dança marcada, que influenciou na criação da típica quadrilha brasileira, veio da França. Da China, veio a tradição de soltar fogos de artifício. Já as danças de fita, mais tradicionais nas festividades do Nordeste, teria vindo da península Ibérica.
Comemorada principalmente no mês de junho, como o próprio nome já diz, muitas comemorações são prorrogadas para julho, chamadas também de Festa Julina. Desde as celebrações pagãs, anteriores ao Cristianismo, até os dias de hoje a Festa de São João ou Festa Junina, traz história e tradição – na dança, comida e elementos.

  • Elementos típicos

Quadrilha
A dança tradicional das festas juninas, representada por casais vestidos de roupa caipira, faz referência aos principais aspectos da vida rural. Animada, é levada pelo som de instrumentos musicais típicos do interior, acompanhada por um narrador que faz brincadeiras durante a apresentação em diversos momentos.

Fogueira

Tradição pagã para comemorar o solstício de verão. Simboliza também a proteção dos maus espíritos que atrapalhavam a prosperidade das plantações.

Bandeirinhas

Antigamente era comum ver 3 bandeiras com imagem dos três santos do mês (Santo Antônio, São João e São Pedro), que eram colocadas na água no evento conhecido como lavagem dos santos, que remetia a purificação da água e de quem se banhasse nela. Com o passar do tempo as grandes bandeiras deram espaço para as famosas bandeirinhas, fazendo referência ao ritual.

Fogos

Com origem em Portugal, essa tradição servia para despertar São João. Até hoje é comum, principalmente nas comemorações do Nordeste brasileiro.

  • Comidas típicas

Canjica

Em algumas regiões a canjica pode ser conhecida como mingau de milho branco ou curau. O prato é típico das festas juninas e pode ser produzido com farinha de milho branco ou milho verde ralado, sendo esse segundo o ingrediente mais tradicional da festa de São João.

Pamonha

A pamonha é o prato preferido de muita gente nessa data comemorativa e pode ser servida tanto salgada, como doce.

Pé de Moleque

Na região sudeste, o pé de moleque é um doce composto de amendoim com calda de açúcar, mais conhecido como rapadura. Já na região nordeste o nome é dado a um bolo.

Maçã do Amor

O doce mais romântico da festa junina é a maçã do amor, que pode ser simples, apenas com a calda vermelha por cima, ou cheia de novas experimentações como chocolate, granulado e etc.

  • Brincadeiras típicas

Argola
O jogador tem que ter uma mira boa! Será preciso muita concentração para acertar as argolas e ganhar a prenda.

Pescaria
Uma das principais brincadeiras tradicionais das Festas Junina, a pesca atrai gente de todas as idades. O participante pescará um peixe fictício que terá uma numeração específica, indicando o prêmio.

Boca do Palhaço

O jogador terá algumas chances seguidas para arremessar a bola na boca do palhaço. Cada vez que encaçapar, marcará pontos e receberá uma prenda.

Correio Elegante
Entrega de mensagens anônimas durante a festa, usado como forma e paquera. A pessoa escreve um bilhetinho e o correio elegante chegará até a pessoa desejada.

  • Diferentes costumes de comemoração

Nordeste

Forró, baião e xote são os ritmos que animam as comemorações. As comidas e bebidas típicas acompanham a festa. Em algumas cidades a animação também ficam por conta dos shows e da brincadeira conhecida por “trem forroviário”, onde os passageiros viajam dançando nos vagões ao ritmo do forró.

Sudeste

Comida típica (pipoca, pé-de-moleque e quentão, entre outros), além de cachorro-quente, pastel e até mesmo pizza. Na hora de brincar, todos participam das pescarias, dos concursos de quadrilha e do casamento na roça ao som de música sertaneja.

Centro-Oeste

As festas juninas acontecem ao som da polca paraguaia, além da quadrilha e dos pratos típicos. O ritmo sertanejo complementa as comemorações. É comum usarem hábitos típicos dos países vizinhos.

Sul

A tradição gaúcha é reunir a família ao redor da mesa de jantar para passarem a noite saboreando comidas típicas: arroz-de-carreteiro, feijão-mexido e pinhão cozido na água ou assado na brasa.

Norte

A festa é tomada pelo festival folclórico de Parintins, que ocorre no final de junho no Amazonas. A quadrilha dá lugar para a toada do boi-bumbá. São servidas comidas regionais como tapioca e tacacá.

Viajar em junho 25/06 a 30/06/2017
Forró Caju – Aracaju (Sergipe)
Hotel: Comfort Hotel Aracaju | 3 estrelas
Inclui: Café da manhã, piscina e wifi
Preço: Diárias a partir de R$180 por noite + taxas

Viajar em junho 25/06 a 30/06/2017
Mossoró Cidade Junina (Rio Grande do Norte)
Hotel: Thermas Hotel & Resort
Inclui: Café da manhã, piscina e wifi
Preço: Diárias a partir de R$254 por noite + taxas

Viajar em Junho 25/06 a 30/06/2017
Salvador (Bahia)
Hotel: Golden Tulip Salvador | 4 estrelas
Inclui: Café da manhã, piscina e wifi
Preço: Diárias a partir de R$170 por noite + taxas

Viajar em junho 25/06 a 30/06/2017
Bumba-Meu-Boi, São Luís (Maranhão)
Hotel: Hotel Adventure São Luis |3 estrelas
Inclui: Café da manhã, piscina e wifi
Preço: Diárias a partir de R$178 por noite + taxas

Viajar em Junho 25/06 a 30/06/2017
Cidade Junina, Teresina (Piauí)
Hotel: Arrey Fórmula Flat Europa | 3 estrelas
Inclui: Café da manhã, piscina e wifi
Preço: Diárias a partir de R$185 por noite + taxas

 

Carregar mais slider

Deixe uma resposta

Veja também

Lollapalooza Brasil anuncia o primeiro Side Show de 2018

O Rio de Janeiro receberá Imagine Dragons, dia 22 de março, no Km de Vantagens Hall RJ Plu…