Faculdade de Ribeirão Preto firma parceria para criação de Centro de Pesquisa em Inteligência Artificial

O objetivo da parceria entre a Faculdade Reges e o DATA H, é fomentar, entre alunos e docentes, o interesse pelo desenvolvimento de projetos e pesquisas sob a supervisão da DATA H, parceira da IBM (International Business Machines), acerca da inteligência artificial.

A DATA H, empresa que desenvolve produtos e pesquisas a partir da inteligência artificial, e a Faculdade Reges de Ribeirão Preto (Rede Gonzaga de Ensino Superior), referência em Negócios e Tecnologia, fizeram um acordo para a criação de um Centro de Pesquisa em Inteligência Artificial, que irá funcionar nas dependências da faculdade. O local ainda será personalizado e adequado às necessidades.

O objetivo é fomentar, entre alunos e professores, o interesse pelo desenvolvimento de projetos e pesquisas sob a supervisão da DATA H, parceira da IBM (International Business Machines), e que irá fornecer a mão de obra necessária e material de apoio.

O propósito é utilizar todo o potencial de inovação e tecnologia que vem surgindo com a inteligência artificial.

“A ideia é que os alunos desenvolvam projetos, estejam atentos à demanda do mercado, às possibilidades de inovação em suas áreas profissionais, e que isso também sirva como incentivo para empreender. E, por que não, atrair empresas e investidores”, explica a coordenadora acadêmica de Tecnologia da Informação da Faculdade Reges, Eliza Maria da Cunha Bomfim.

Alunos de todos os anos, dos quatro cursos de graduação (Administração, Ciências Contábeis, Redes de Computadores e Análise e Desenvolvimento de Sistemas) poderão participar.

Eles receberão treinamentos e orientações com profissionais da empresa parceira. Além disso, os melhores alunos e projetos poderão receber bolsa de pesquisa ou participar em uma das várias startups do grupo DATA H.

Segundo a coordenadora de TI da Reges, em Ribeirão Preto e região não há um centro específico de pesquisa voltado à inteligência artificial, que ao contrário que muitos pensam não é restrita apenas ao universo de TI. “Ela permeia diferentes áreas, até mesmo pela infinidade de possibilidades de sua utilização. Então, ela precisa de outros conceitos como da regra do mundo de negócios e administração, por exemplo. Muitas incubadoras podem ser criadas a partir desse estímulo”, completa.

As aulas no Centro de Pesquisa em Inteligência Artificial serão consideradas atividades extras- e, por isso, fora do horário de aula.

Carregar mais Acontece no Interior

Deixe uma resposta

Veja também

Aniversário de Portinari é celebrado com programação especial em Brodowski

Museu Casa de Portinari realiza dois espetáculos musicais em homenagem aos 114 anos do art…