Movimento “Tudo de Cor” vai revitalizar os Caminhos de Portinari, em Brodowski

Com lançamento marcado amanhã (22 de agosto), 104º aniversário da cidade, a ação é uma iniciativa da Coral, marca de tintas decorativas da AkzoNobel, em parceria com o Museu Casa de Portinari e a Prefeitura de Brodowski

Brodowski, agosto de 2017 – O Museu Casa de Portinari, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari – Associação de Apoio ao Museu Casa de Portinari, em Brodowski, no interior paulista, ganhou um aliado importante no sentido de tornar, ainda melhor, a qualidade da visitação para o público. Trata-se de uma parceria com o movimento “Tudo de Cor”, iniciativa da Coral, marca de tintas decorativas pertencente ao grupo holandês AkzoNobel, que vai revitalizar três pontos históricos que compõem os Caminhos de Portinari, que fazem parte do projeto do Museu. O lançamento será nesta terça-feira, 22 de agosto, aniversário de Brodowski, às 10h00, no último dia da 42ª Semana de Portinari, que tem a Prefeitura como correalizadora.  

“A proposta do Museu Casa de Portinari é a de valorizar os laços do artista com sua terra natal. Os pontos históricos que integram os Caminhos de Portinari – Praça Candido Portinari, Igreja Santo Antônio, Estação Ferroviária, Coreto da Praça e Bebedouro Público de Animais – são elementos da paisagem urbana de Brodowski muito presentes na obra de Portinari. Eles passam a ser entendidos como uma extensão do Museu pela cidade”, explica Angelica Fabbri, diretora executiva da ACAM Portinari, Organização Social de Cultura.

Alcance Sociocultural

Em Brodowski, o Movimento “Tudo de Cor” revitalizará o prédio da antiga Estação Ferroviária (que atualmente, também abriga a estação rodoviária e a secretaria municipal da cultura), o Coreto da Praça e o Bebedouro Público de Animais, além das pegadas – pintadas no asfalto – que sinalizam os Caminhos de Portinari ao vistiante.

Além de fornecer as tintas necessárias para a intervenção, a Coral doará o material e a mão de obra especializada, que executará o trabalho com base em uma paleta de tons próximos aos que foram encontrados – a Coral é dona da paleta de cores mais completa do mercado, com 2.079 tonalidades. Além disso, o movimento “Tudo de Cor”, da Coral, contribuiu com a pintura dos murais artísticos da 42ª Semana de Portinari que homenageia o filho talentoso de Brodowski.

Pesquisa

Para definir a paleta, foi realizada uma ampla pesquisa e prospecção nos pontos históricos, lideradas por Júlio Moraes, especialista em restauração e consultor do Museu Casa de Portinari. Há quatro anos, Moraes e equipe descobriram um afresco do pintor, até então desconhecido, sob 15 sucessivas camadas de tintas.

“As prospecções pictóricas são feitas com metodologia e embasamento técnico-científico rigorosos, buscando vestígios de pinturas antigas e outros elementos informativos para descrever as sucessivas configurações que a estação e o coreto tiveram ao longo da sua história. Além de resgatarem as decorações pictóricas e os jogos de cores que eles tiveram em cada época da sua vida, os técnicos também os associam com a configuração arquitetônica primitiva e com as várias reformas que os prédios sofreram com o objetivo de fim de conservá-los e de adequá-los ao gosto de cada época”, explica Moraes.

“Todas as intervenções realizadas em espaços inseridos no contexto do Museu Casa de Portinari, entre eles os pontos históricos dos Caminhos de Portinari, só são realizadas com apoio técnico e de forma a resgatar e preservar as características originais do patrimônio. É importante que haja sempre esse olhar. Essa revitalização, por meio do Movimento ‘Tudo de Cor’, ajuda a consolidar o processo de reposicionamento do Museu, iniciado com a reforma e o restauro, há quatro anos”, destaca Angelica. A previsão é de que todas edificações sejam entregues devidamente revitalizadas no mês de novembro deste ano.

O movimento “Tudo de Cor” é a missão da Coral posta em prática: levar cor para a vida das pessoas, melhorando suas realidades e transformando seus lares e suas cidades. Desde seu lançamento, em 2009, já foram pintados aproximadamente 8.500 imóveis, incluindo patrimônios históricos (Pelourinho, centro histórico de Paraty, Ouro Preto e Olinda, estações ferroviárias Anhumas e Tanquinho, em Campinas, entre muitos outros projetos), e formados cerca de 4.500 pintores. “Acreditamos que pintar seja um ato de cidadania; afinal, quando pintamos, protegemos e embelezamos nosso patrimônio, cuidamos de quem amamos e levamos novas energias para o ambiente revitalizado, seja uma casa, um comércio, um bairro, uma cidade”, pondera Fernando Domingues, diretor de Marketing da AkzoNobel Tintas Decorativas. E completa: “Para nós, é motivo de orgulho promover uma transformação dessa grandeza e, assim, contribuir com a herança cultural não só da cidade de Brodowski, mas do país como um todo.” O “Tudo de Cor” está em consonância com o compromisso global da AkzoNobel “Human Cities” (“Cidades Mais Humanas”), cujo intuito é melhorar, energizar e regenerar comunidades urbanas ao redor do mundo inteiro.

Para manter o patrimônio de Brodowski vivo e protegido, serão usados mais de 1.300 litros de tintas e vernizes das marcas Coral e Sparlack, ambas da AkzoNobel. O destaque é a linha Coral Proteção Sol & Chuva, voltada exclusivamente a ambientes externos. A fórmula inovadora cria uma película flexível que acompanha os movimentos de contração e dilatação da parede, prevenindo fissuras e evitando infiltrações.

Carregar mais Acontece no Interior

Deixe uma resposta

Veja também

Aniversário de Portinari é celebrado com programação especial em Brodowski

Museu Casa de Portinari realiza dois espetáculos musicais em homenagem aos 114 anos do art…