Agência USP abre concorrência para empresas que querem se instalar no Supera Parque

459

Prazo para entrega da documentação encerra dia 7 de janeiro de 2021; licitação é destinada para empresas inovadoras de base tecnológica

A Agência USP de Inovação, em parceria com a Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, abriu concorrência para médias e grandes empresas de base tecnológica que desejam se instalar nos lotes do Supera Parque de Inovação e Tecnologia, de Ribeirão Preto. A fase de loteamento faz parte do processo de expansão do Parque Tecnológico que abriga, atualmente, cerca de 80 startups. A data final para entrega dos documentos é dia 7 de janeiro de 2021, às 9h30.

Eduardo Cicconi, gerente do Supera Parque, explica que com a urbanização dos lotes, cria-se um condomínio de inovação no município. “O objetivo é atrair empresas para que elas desenvolvam suas atividades de pesquisa e inovação, incluindo a produção e a comercialização de produtos, insumos e processos”.

Atualmente, o Parque abriga em torno de 80 startups. Em 2019, elas faturaram R$ 33 milhões e empregaram mais de 400 pessoas. “O parque tecnológico conta também com um programa de inovação aberta com grandes empresas e participa da governança dos arranjos produtivos locais. Assim, as empresas que se instalarem nos lotes terão inúmeras possibilidades de conexão para inovação”, complementa Eduardo Cicconi.

A concorrência prevê a concessão de uso de seis lotes, com tamanhos que variam de 837,50 m² a 4.085,53 m². Todos eles estão livres de edificações e possuem acesso pela via principal do Supera Parque, no prolongamento da Avenida Virgílio Soeira.

A concorrência prevê a concessão de uso de seis lotes, com tamanhos que variam de 837,50 m² a 4.085,53 m². Todos eles estão livres de edificações e possuem acesso pela via principal do Supera Parque, no prolongamento da Avenida Virgílio Soeira. “As empresas selecionadas serão responsáveis pelos investimentos e despesas necessários para a construção, instalação e operação das suas unidades nos lotes. Os lotes, porém, serão entregues com toda a infraestrutura urbanística e a empresa não precisa imobilizar capital para aquisição do terreno: ele é cedido mediante o pagamento de uma taxa administrativa mensal com valor a partir de R$ 4,00 por metro quadrado”, explica Cicconi.

O contrato de concessão terá vigência por 20 anos, podendo ser prorrogado por igual período.

CONTAINER PARK

Além dos lotes destinados às empresas inovadoras, a fase de expansão do Supera Parque já está em andamento com a construção do Container Park, um complexo empresarial que segue uma linha arquitetônica contemporânea e inovadora, com três pavimentos, 10 módulos empresariais e 1.500 metros quadrados de área locável, com previsão de entrega em meados de 2021. “Esse complexo tem o objetivo de expandir a capacidade do centro de negócios e da incubadora de empresas do Supera Parque”, enfatiza o gerente.

Informações sobre como participar da concorrência para o Condomínio da Inovação de Ribeirão Preto estão disponíveis no site https://www.condominiodainovacao.com.br/.

SUPERA PARQUE

O Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto, gerido pela Fipase, é resultado de uma parceria entre Universidade de São Paulo (USP), Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo. Instalado no Campus da USP local, o Parque abriga a Supera Incubadora de Empresas, o Supera Centro de Tecnologia, a associação do Arranjo Produtivo Local (APL) da Saúde, o Polo Industrial de Software (PISO), além do Supera Centro de Negócios. Ao todo, são 71 empresas instaladas no Parque, sendo: 53 delas no Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica; e 18 empreendimentos no Centro de Negócios. O Parque Tecnológico está em expansão com a urbanização de lotes para instalação de empresas e a implantação do Container Park, um novo complexo empresarial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here