Mercado de trabalho: oportunidade da real inclusão

O Brasil possui cerca de 45 milhões de Pessoas com Deficiência, segundo dados do último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Quando falamos em mercado de trabalho, apenas 1% dessa população está empregada. E o trabalho é parte fundamental para garantir a autoestima e a dignidade de cada brasileiro, seja ele portador de deficiência ou não.

Ainda que o percentual seja baixo, a Lei 8.213/91, popularmente conhecida como “Lei de Cotas”, tem contribuído para um aumento expressivo no número de pessoas com deficiência que estão empregadas. Nos últimos anos, houve um crescimento de 40% no mercado formal de trabalho, o que comprova a eficácia da lei, mas também demonstra a preocupação das companhias em absorver cada vez mais essa mão de obra, com a criação de processos mais transparentes e abertos para todos, sem nenhuma distinção.

E a real inclusão é um desafio diário de muitas empresas. Como exemplo, temos a ‘inclusão sem fronteiras TIM’, na qual reconhecemos as competências técnicas do profissional com deficiência, para que eles prosperem independente da sua condição. Acreditamos que todos precisam ser tratados de forma igualitária, com profissionalismo. E o profissionalismo está em oferecer o melhor e mais adequado ambiente para o desenvolvimento das atividades de trabalho.

Oferecemos estrutura física e tecnológica para receber os colaboradores com algum tipo de deficiência, e estamos sempre atentos à acessibilidade das nossas instalações. Tão importante quanto contratar é promover acessibilidade a todos os profissionais, para que eles tenham todas as condições de se desenvolverem profissionalmente, promovendo, na medida do possível, a independência do funcionário, o que, sem dúvida, refletirá na melhora da sua produtividade.

Muito além de contratar e oferecer um ambiente adequado, sensibilizamos todas as equipes para que a real inclusão aconteça, pois todos têm habilidades que devem ser desenvolvidas e valorizadas. É nossa responsabilidade como empresa incentivar a interação e buscar o equilíbrio na diversidade, pois acreditamos que um ambiente acessível é construído também pelas relações humanas.

E para empresas, contar com a diversidade é fundamental para que talentos sejam revelados. Profissionais qualificados, motivados, com mentes criativas, habilidades impressionantes de raciocínio e determinados a crescer, trazem resultados expressivos para a companhia. E oferecer oportunidades para que eles se desenvolvam profissionalmente fortalece a autoestima desses mais de 45 milhões de brasileiros.

*Marilene Penna é Gerente de Recursos Humanos da TIM São Paulo

Carregar mais Empreendedorismo e Negócios

Deixe uma resposta

Veja também

Endividamento das famílias é o menor desde janeiro de 2015

Boletim Ceper/Fundace mostra que inadimplência deve continuar caindo lentamente ao longo d…