Três dicas sobre a importância do otimismo no empreendedorismo – Por Reggie Bradford

Começar a sua própria empresa é empolgante, intenso, difícil e, algumas vezes, assustador. Nos primeiros meses ou anos, quando você não tem certeza se será bem- sucedido, pode ser fácil ficar um pouco pessimista.

 
É natural que sempre haverá desafios para ser um empreendedor. Mas se você não tiver foco, poderá perder um dos ativos mais importantes que você tem no seu negócio: o otimismo.

 
1. O entusiasmo por trás do seu otimismo é o que as pessoas mais gostam 
De fato, o otimismo é a chave para o sucesso, tanto quanto ter uma boa ideia. Quando você está criando uma empresa, levantando capital, contratando funcionários e vendendo para os consumidores, todos apostam em você e na sua empresa. O entusiasmo proveniente do seu otimismo é o que as pessoas mais gostam. Se ele não existir, se você não demonstrar que acredita na ideia e no potencial, elas não serão atraídas.

 
Já passei por isso. Ao mesmo tempo em que hoje eu trabalho em uma das maiores empresas de TI, eu passei a maior parte da minha carreira como o que o pessoal do Vale do Silício chama de “empreendedor em série”. Em cada uma das minhas empresas, desde o começo, eu enxergava tudo como um “copo meio cheio” e fazia o meu melhor para enxergar os desafios como oportunidades.

 
Mas entenda que eu me considero um otimista “pragmático”. Você não pode se deixar cegar tanto pela sua visão a ponto de não reconhecer os problemas em potencial e resolvê-los. Você não quer criar um burburinho, nem quer ser vítima de si mesmo. Mas você precisa ter um otimismo contagioso que faça com que as pessoas não só acreditem na ideia, mas também perseverem quando surgirem os desafios.

 
Se isto soa como se você devesse transformar o otimismo em uma parte da cultura da sua organização, você está certo. Já que o otimismo começa com o líder, você terá mais sucesso criando uma organização horizontal, transmitindo otimismo para todos.

 
2. Pode ser mais desafiador manter a cultura do otimismo à medida que você cresce
Quando estava trabalhando na minha própria empresa, usei diversos canais de comunicação para que eu pudesse manter todos conectados e empolgados. Todos possuíam uma conta no Yammer e nós mantínhamos contato o tempo todo. Fazíamos reuniões com todos presentes a cada três semanas. Eu levei um sino para dentro do escritório para que os vendedores tocassem cada vez que fechassem um novo negócio – era apenas uma maneira de compartilhar o entusiasmo e manter o otimismo vivo.

 
Pode ser mais desafiador manter a cultura do otimismo à medida que você cresce. Quando você chega a um determinado tamanho e possui escala, precisa criar processos, tendo filiais e funcionários remotos. Isso torna muito mais difícil manter a sua cultura intacta do que quando todos estão na mesma sala ou sob o mesmo teto. Mas isso não significa ter que perder a sua cultura, precisa apenas reforçá-la de diferentes maneiras. Você sempre deve dar a todos dois ou três KPIs (indicadores de desempenho) relacionados à cultura, que eles precisam acreditar e correr atrás.

 
3. Não se empolgue muito nos bons momentos, nem fique deprimido nos maus momentos
A tecnologia pode ser de grande valia neste caso. Ela não só pode fazer você manter os pés no chão, mas também pode ajudá-lo a avaliar as oportunidades que se apresentam com base nos dados. Ter informações ao alcance das mãos é ótimo e atualmente com a nuvem, uma empresa de qualquer porte pode arcar com as soluções digitais necessárias para transformar o otimismo em um resultado comercial sólido.

 
Recebi alguns conselhos há muito tempo que eu ainda sigo: não se empolgue muito nos bons momentos, nem fique deprimido nos maus momentos. Os problemas que você está enfrentando hoje não são tão grandes para a vida. A vida, como os negócios, é uma maratona. Esteja perto de pessoas que sejam mentoras, que apoiem e acreditem em você. E mantenha o otimismo!

Por Reggie Bradford, vice-presidente sênior de Ecossistema de Startup & Aceleradoras

Carregar mais Empreendedorismo e Negócios

Deixe uma resposta

Veja também

5 opções de pratos especiais para o dia da semana em São Paulo

MiCi Restaurante Moqueca de Pirarucu  (R$98), servida exclusivamente aos sábados. Acompanh…